O último modelo Dodge Challenger SRT Demon com 840 HP foi feito hoje cedo na fábrica de montagem de Brampton no Canadá e marca o fim de um dos muscle cars mais emblemáticos da era moderna.

The Demon foi lançado há pouco mais de um ano no New York Auto Show 2017. Ele foi recebido com grande fanfarra quando a Dodge alegou que o carro era o modelo de produção mais rápido do mundo com um tempo de 0-60 mph (0-96 km / h) de 2,3 segundos. O Demon também se gabou do tempo mais rápido de um quarto de milha do mundo para um carro de produção com uma corrida de 9,65 segundos a 225 mph (225 km / h).

Este impressionante desempenho deveu-se ao motor HEMI V8 de 6,2 litros do Demon, que produz até 840 cv (626 kW / 851 cv) e 770 lb-ft (1.042 Nm). Estes são alguns números verdadeiramente impressionantes e eles fazem o Challenger SRT Hellcat – que tem 707 hp (527 kW / 716 PS) e 650 lb-ft (881 Nm) – parece relativamente manso em comparação.

Uma vez que o Challenger SRT Demon foi projetado para ser um modelo edição limitada, a Dodge limitou-se a produzir apenas 3.300 unidades. Muitos dos modelos já foram vendidos, mas ainda há uma chance de comprar o último.

Como anunciado no início deste ano, a Dodge e a Barrett-Jackson uniram forças para oferecer o pacote “a última chance final” no leilão de Barrett-Jackson Northeast, em Connecticut, no próximo mês. O pacote inclui o Challenger SRT Demon final, assim como o último Viper. Cem por cento dos rendimentos irão para a United Way e espera-se que o emparelhamento dos dois modelos de produção final conduza à loucura.

Antes de os carros serem leiloados, o Demônio final viajará para um centro de preparação para a final da montagem. Lá, ele será equipado com uma pintura exclusiva Viper Red, pneus radiais e etc.

Confira a galeria de fotos abaixo:

Página 1 de 15
CONTINUAR