Príncipe Philip, marido da rainha da Inglaterra, tem 97 anos e se envolveu em um acidente no começo deste ano

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, da Inglaterra, decidiu entregar a sua carteira de motorista, após se envolver em um acidente de trânsito na Inglaterra, em janeiro deste ano, que deixou duas mulheres feridas.

“Após cuidadosa consideração, o duque de Edimburgo tomou a decisão de entregar voluntariamente sua carteira de motorista”, disse o palácio real em um comunicado neste sábado (9).

Em 17 de janeiro, o príncipe, que dirigia um Land Rover Freelander, colidiu com um modelo da Kia, no qual estavam as duas mulheres e um bebê. Uma das vítimas, Emma Fairweather, pediu que o príncipe Philip fosse responsabilizado judicialmente pelo acidente.

O membro da realeza justificou a colisão, afirmando que não viu o Kia por conta da luz do sol.

Alguns dias após o acidente, o marido da rainha ainda foi flagrado dirigindo sem cinto de segurança.

Assim como no Brasil, não há limite de idade para se ter uma carteira de motorista na Inglaterra. Mas lá, após os 70 anos, os idosos são obrigados a renovar a sua habilitação a cada três anos. No Brasil, existe a mesma regra, mas ela é imposta a partir dos 65 anos.