É evidente que nem só de lançamentos vive o mercado automobilístico nacional. Dinâmico, ele está permanentemente em renovação. Para colocarem novos modelos nas concessionárias ou estrearem em segmentos inéditos, as montadoras precisam encerrar a carreira de alguns carros e tirá-los de linha.

São justamente aqueles que já têm anos de estrada e não atraem mais o interesse dos compradores que acabam dando espaço para carros novos. Em 2019 não foi diferente. Confira abaixo os carros que saíram de linha neste ano.

Ford Fiesta e Fiesta Sedan

Com certeza uma das baixas mais emblemáticas do ano foi com o Ford Fiesta. Enquanto o sedã desapareceu silenciosamente sem que ninguém notasse, o hatch levou consigo a fábrica da Ford em São Bernardo do Campo.

Ford Fiesta is in its seventh year as the UK best seller 0 0
Foto reprodução

Volkswagen Golf, GTI e Golf Variant

golf variant comfortline 1
Foto reprodução

Engolida pelos SUVs, a categoria de hatches médios fez uma grande vítima em 2019: o Golf. Segundo modelo mais vendido da Volkswagen no mundo (perdeu a liderança faz pouco tempo para o Tiguan), ele só não saiu de cena completamente no Brasil por causa do híbrido GTE que começou a ser importado.

A situação do Golf no Brasil foi agravada pelo T-Cross, que assumiu sua linha de montagem. O esportivo GTI ainda sobreviveu mais alguns meses, mas foi descontinuado no final do ano. Importada, a perua Golf Variant deixou o mercado quase ao mesmo tempo em que a SpaceFox morreu, acabando de vez com as peruas da VW no país.

Chevrolet Prisma

Tecnicamente o Prisma não morreu, mas seu nome foi descartado. O sedã do Onix passou a se chamar Onix Plus, criando uma maior identidade com a família. Já o Prisma Joy foi convertido em Joy Plus e assumiu o visual que as versões mais caras possuíam antes.

2017 chevrolet prisma exterior 004
Foto reprodução

Vale lembrar que o nome Prisma surgiu em 2006 como versão sedã do Celta (na época já reestilizado). Sobreviveu de 2013 a 2019 como sedã do Onix, sendo reestilizado em 2016. Apesar de aposentado, ele ainda será o sedã mais vendido no Brasil em 2019, mas passará o bastão ao Onix Plus no próximo ano, ao que tudo indica.

Ford Focus e Focus Fastback

Vendendo ainda menos que o Fiesta e em um segmento engolido pelos SUVs, o Focus não teve chance nem no Brasil nem nos EUA, onde foi descontinuado quase que simultaneamente. O sedã também vendia pouco, ofuscado por Toyota Corolla, Honda Civic e Chevrolet Cruze.

2015 ford focus pricing for europe it starts from18750 tops at 28750 video photo gallery 1
Foto reprodução

Produzido na Argentina por três gerações, o Focus chegou a conviver com seu antecessor, o Escort, por alguns meses. No Brasil e nos EUA, o EcoSport assume a faixa de preço do hatch médio, já que não haverá sucessor, nem mesmo para o sedã. Europa e China receberam a quarta geração do Focus, com direito até a perua.

Volkswagen SpaceFox

Criadora de icônicas peruas ao longo da história como Parati e Quantum, a Volkswagen não terá uma perua em sua linha de produtos desde que lançou um modelo na categoria. Vendida no Brasil como SpaceFox ela também era tratada como Suran (Argentina), SportVan (México) e Fox Plus (África).

space
Volkswagen SpaceFox

Ela surgiu como uma alternativa mais espaçosa e com maior porta-malas que o Fox. Como o hatch já tinha ares de minivan, a SpaceFox foi referida diversas vezes como sportvan pela Volkswagen. Foi reestilizada duas vezes como o hatch e sempre o acompanhou nas motorizações (exceto opções 1.0).

Volvo V40

Discretamente retirado do mercado brasileiro, o Volvo V40 já teve seu destino traçado até mesmo na Europa. Vendas baixas no segmento e remanescente dos tempos de Ford (usava plataforma do Focus), culminaram em seu fim.

volvov40 01
Volvo V40

O hatch médio já colecionava algumas rugas, especialmente quando colocado ao lado de seus irmãos maiores e mais modernos. Apesar disso, vinha vendendo relativamente bem nos últimos meses no Brasil.

Citroën C4 Picasso e Grand C4 Picasso

Enquanto na Europa as irmãs Picasso mudaram de nome para C4 SpaceTourer, no Brasil a Citroën decidiu por fim à sua linha de minivans. Ponta mais atual da linhagem que começou com a Xsara Picasso (primeiro Citroën fabricado no Brasil), as irmãs C4 Picasso e Grand C4 Picasso se despediram na melhor forma.

2015 Citroën C4 Picasso B7 MY15 Exclusive e THP wagon 2015 06 15 01
Citroën C4 Picasso

Ambas eram equipadas com o plurivalente motor 1.6 THP em versão gasolina com 165 cv e apresentavam estilo exótico e chamativo. Soluções de espaço como porta-luvas duplos, mesinhas tipo avião e teto panorâmico eram seus destaques. O preço alto devido a importação fez com que muitos preferissem os SUVs.

Kia Picanto

Outro subcompacto que deixou de ser vendido no Brasil em 2019 foi o Picanto. Sucesso na primeira geração e nos anos iniciais da segunda geração, ele ficou caro demais para seu porte e teve cota de importação bastante restrita.

1200px Kia Picanto GT IMG 0898
Kia Picanto

A terceira geração chegou discretamente na versão GT equipada com o mesmo conjunto mecânico 1.0 de antes e que é compartilhado com o Hyundai HB20. Com pouquíssima divulgação e pouco lembrado, saiu de linha com a mesma discrição com a qual chegou ao país.

Com informações do iCarros

8 carros que saíram de linha recentemente e você não sabe

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here