A Renault tinha planos mais ambiciosos para sua linha de SUVs no Brasil. Além dos atuais Duster e Captur, a marca já havia apresentado localmente o luxuoso Koleos e avaliava trazer também o Arkana. Mas, se o dólar disparado azedou a vinda do Koleos, que seria importado, o Arkana nacional ficou só no projeto. Por aqui, a Renault vai investir na renovação do Captur e possivelmente no SUV do Kwid, que deve ser lançado em 2022 junto com o irmão Nissan Magnite. 

Enquanto isso, na Europa… Mostrado como conceito em 2018, o Arkana já estava à venda na Rússia desde maio do ano passado, e agora se prepara para ganhar alguns mercados selecionados do Velho Continente. Sua venda nesses locais está prevista para o primeiro quadrimestre de 2021. 

Há uma série de modificações entre o modelo russo e o novo “euro-spec” do Arkana 2021. Para começar, ele ganha uma aparência mais refinada graças ao pacote RS Line, assim como uma maior gama de itens de personalização como parte do pacote “Color”. 

Ademais, o interior agora é mais refinado e recebe uma multimídia estilo tablet na vertical, bem como um cluster digital – que pode ser de 4,2, 7 ou 10,2 polegadas dependendo da versão. Apesar de ser formato cupê, o Arkana oferece um amplo porta-malas, com 513 litros de capacidade – ao menos nas versões não-híbridas. 

Enquanto o modelo russo é equipado com o motor 1.3 turbo que aguardamos para nosso Captur, o Arkana “europeu” vai se beneficiar dos conjuntos eletrificados da Renault na região. Estamos falando do 1.3 TCe em variantes híbridas-leve de 140 e 160 cv, pareados a uma transmissão automatizada de dupla embreagem. Haverá também o 1.6 E-Tech híbrido emprestado do Clio, Captur e Mégane. A marca francesa diz que o sistema conta com mais de 150 patentes e aproveita a experiência da Reanult nos carros eletrificados da F1. 

No Brasil, o Arkana era esperado para fazer frente ao futuro SUV cupê derivado da Fiat Toro, que foi apresentado na forma do conceito Fastback no Salão do Automóvel de 2018. Mas, ao que tudo indica, a Renault local está focada em outros projetos. Você acha que o modelo faria sucesso por aqui?

Fotos: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here