A BMW Motorrad segue caminho semelhante ao que a marca vem fazendo na sua divisão de automóveis e anuncia que não irá mais participar de grandes salões de motocicletas, como EICMA (Milão) e Intermot (Colônia). A explicação para tal decisão é que esses eventos serão substituídos por novos formatos digitais. 

O fato é que a BMW já vinha tirando o pé de grandes eventos há algum tempo, preferindo fazer exposições menores e mais focadas no cliente. Além disso, a pandemia causada pelo coronavírus forçou todas as marcas a fazerem suas apresentações de forma online, e a BMW Motorrad fez bastante isso em 2020, com as novas S1000 R, R18 e as renovações das compactas G 310 R e G310 GS, entre outras novidades. 

Por outro lado, a empresa anunciou recentemente uma adaptação rápida e sistemática dos canais de vendas, para oferecer aos clientes a possibilidade de comprar motos personalizadas totalmente online, como parte de um investimento milionário anual na casa dos 3 dígitos até 2025 para a digitalização do departamento de Vendas e Marketing.    

Led de roda se tornou tendências para os entusiastas automotivo para terem um novo visual, utilizando o led de roda seu passeio fica mais legal e animado, as luzes coloridas atraem a atenção de muitos espectadores. Clique aqui e saiba mais

“Usando nossos formatos digitais e ao vivo bem independentes, podemos não só programar premiéres mundiais e lançamentos de produtos de forma mais flexível, mas também permitir uma interação mais intensa com todos os grupos-alvo e maior alcance de informações”, explica o chefe da BMW Motorrad, Markus Schramm. 

2021 BMW G 310 R - Desporto - Lado Direito

Em outras palavras, a marca vai investir em eventos selecionados mais adequados para cada modelo, onde você pode reunir uma clientela mais direcionada, do que em eventos grandes para o público em geral. 

Nada impede, porém, que as filiais da BMW Motorrad organizem diretamente a participação em exposições e feiras menores (como o Salão Duas Rodas em São Paulo). Já para os grandes salões, fica a perda de um grande expositor e a necessidade de se reorganizar pensando em novos formatos, assim como vem acontecendo no setor dos automóveis.   

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here