Fabricante planeja crescer 150% em 2020, ano em que também irá inaugurar uma locadora de veículos

Exeed LX pode ser o primeiro modelo de submarca de luxo da Chery no Brasil

Exeed LX pode ser o primeiro modelo de submarca de luxo da Chery no Brasil (Divulgação/Chery)

A Caoa Chery continua a investir forte em seu plano de expansão no mercado brasileiro. Após crescer 250% em 2019 (de pouco mais de 8.00 veículos emplacados em 2018 para 20.000 projetados até o fim deste ano), a operação sino-brasileira promete lançar pelo menos três novos carros no ano que vem, além de facelifts dos já conhecidos Tiggo 5X e 7.

Dos três produtos prometidos, dois devem chegar logo no primeiro semestre. Um é o SUV médio Tiggo 8, derivado diretamente do Tiggo 7, porém esticado para transportar até sete passageiros.

Tiggo 8 será o maior carro da Caoa Chery

Tiggo 8 será o maior carro da Caoa Chery (Divulgação/Chery)

Ele será produzido em Anápolis (GO) e deve manter o trem de força com motor 1.5 turbo flex com injeção indireta multiponto e câmbio automatizado de dupla embreagem com seis marchas (uma evolução do velho conhecido Powershift).

O segundo é o Arrizo 6, sedã médio que virá para brigar com Toyota Corolla, Honda Civic, Chevrolet Cruze e afins. Mede 4,71 m de comprimento, 1,82 m de largura e 2,67 m de entre-eixos de 2,67 m. Tem porta-malas de 570 l e deve aliar o propulsor 1.5 turbo flex a uma caixa CVT com simulação de nove marchas. Este será montado em Jacareí (SP).

Na China o sedã é vendido como Arrizo GX

Na China o sedã é vendido como Arrizo GX (Divulgação/Chery)

O terceiro, ainda “em estudo”, de acordo com a fabricante, mas confirmado pelo próprio presidente do grupo, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, é o SUV de luxo Exeed LX, revelado em primeira mão por QUATRO RODAS.

Construído sobre a mesma base do Tiggo 7, utiliza motor mais potente – 1.6 T-GDI de 200 cv, combinado a uma transmissão de dupla embreagem com sete marchas da Magna Powertrain (antiga Getrag). Deve ficar para o segundo semestre e ser fabricado em Anápolis.

SUV médio compartilha peças com o Tiggo 7

SUV médio compartilha peças com o Tiggo 7 (Divulgação/Chery)

Além disso, a fabricante confirmou que lançará, também provavelmente na segunda metade do ano, as reestilizações de meia vida de Tiggo 5 e 7. O visual atualizado desses modelos já foi revelado na China e não deve ter alterações por aqui. O conjunto motriz também deve ser mantido.

O Exeed LX tem saídas de escape funcionais integradas ao para-choque

O Exeed LX tem saídas de escape funcionais integradas ao para-choque (Divulgação/Chery)

Também chegará ao mercado de pessoas físicas a configuração elétrica do sedã compacto Arrizo 5, já revelada no Brasil – e testada por QUATRO RODAS.

Novo Tiggo 7 ganhou grade dianteira cromada bem maior que no modelo atual

Novo Tiggo 7 ganhou grade dianteira cromada bem maior que no modelo atual (Auto Home/Reprodução)

Com esse plano, a Caoa Chery tem a meta ousada de bater 50 mil unidades vendidas em 2020. “Temos que crescer no próximo ano”, determinou o presidente do grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, durante a apresentação das metas do ano a jornalistas.

Para tanto, a operação pretende ampliar a rede concessionária dos atuais 85 pontos de venda para 142 até o fim do próximo ano, e espera ainda aumentar sua participação no mercado de vendas diretas com a criação da… Caoa locadora de veículos.

Novos grade e para-choque frontal marcam a atualização visual do Tiggo 5X

Novos grade e para-choque frontal marcam a atualização visual do Tiggo 5X (Reprodução/Chery)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here