Embora no seja tão popular quanto os sistemas elétricos, a tecnologia de células de combustível de hidrogênio também vem sendo explorada como alternativa aos tradicionais motores à combustão. Várias marcas já comercializam veículos do tipo em mercados globais e a Hyundai tem no SUV Nexo sua grande aposta neste segmento. Recentemente, o modelo foi submetido aos rigorosos testes de impacto do IIHS e surpreendeu pelo resultado positivo. Além do fato de não ter gerado danos sérios em virtude dos fluidos e vapores extremamente inflamáveis presentes no sistema, o crossover teve elogiável comportamento dinâmico em termos de estrutura e garantia de segurança.

Entre outros destaques, o Nexo recebeu o prêmio Top Safety Pick+, concedido especialmente para os carros que alcançam o melhor desempenho nos testes. Para tanto, recebeu excelentes classificações em vários quesitos, desde impactos colaterais até a eficiência do conjunto de faróis. Além disso, alcançou a classificação superior à exigida para seus sistemas anti-colisão, tendo evitado acidentes em testes de 20 km/h e 40 km/h. A estrutura da carroceria e o isolamento dos tanques que armazenam hidrogênio também foram elogiados, principalmente pelo fato de garantir segurança e evitar eventuais explosões mesmo no caso de fortes impactos.

Com autonomia de 595 km, o Nexo precisa de apenas 5 minutos para ser completamente reabastecido. Na prática, emite apenas água como subproduto do processo de conversão elétrica, o que o torna ecologicamente correto. Resta saber se as células de hidrogênio têm futuro no mercado diante do avanço dos elétricos, que tem evoluído tecnologicamente com maior velocidade e dinamismo.

Fotos: Divulgação 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here