Ao contrário do que normalmente acontece, desta vez temos um carro mais atualizado do que nos Estados Unidos. O Chevrolet Tracker já mudou de geração por aqui, enquanto por lá, o modelo anterior ainda é vendido e, mesmo que já esteja ficando velho, ganhou uma troca de motor na linha 2021, adotando um 1.4 turbo mais potente.

Conhecido nos EUA como Trax, o Chevrolet Tracker continua a usar um 1.4 turbo. Só que o desempenho mudou bastante, passando de 140 cv e 20,5 kgfm para 155 cv e 24,5 kgfm, o que são 15 cv e 4 kgfm a mais. Só que isso não foi alcançado ao mexer no motor anterior, e sim trocando a unidade completamente.

Até então, o Trax usava o 1.4 LUV da GM, com injeção indireta de combustível e baseado na primeira geração dos motores Ecotec. Este novo propulsor, chamado LE2, conta com injeção direta e é o mesmo usado pelo Cruze, contando com mais tecnologias como sistema start-stop – que ainda não está confirmado para o crossover.

Led de roda se tornou tendências para os entusiastas automotivo para terem um novo visual, utilizando o led de roda seu passeio fica mais legal e animado, as luzes coloridas atraem a atenção de muitos espectadores. Clique aqui e saiba mais

A adição de um motor mais potente e eficiente é uma boa estratégia da General Motors, pois o crossover ainda é a opção mais barata nos Estados Unidos. Os preços ainda não foram revelados e espera-se que tenha valores mais competitivos dentro do segmento, ainda mais para um modelo que tem mais de seis anos de vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here