A identidade visual de muitas montadoras pode incorporar novas tendências e variar com o passar dos anos, mas algumas características permanecem verdadeiramente imutáveis. No caso da BMW, a icônica grade frontal do tipo “duplo rim” é o maior exemplo dessa estratégia.

O recurso foi adotado pela primeira vez em 1933 e desde então nunca mais saiu da assinatura estética da marca. Nesses quase 90 anos, obviamente, passou por atualizações e aperfeiçoamentos, mas sempre esteve presente em todo novo BMW lançado. Abaixo, reunimos um pouco da história dessa famosa grade e sua evolução ao longo do tempo.

Radiador pontiagudo para aerodinâmica

Uma breve menção histórica é essencial para explicar como o duplo rim nasceu no BMW 303 de 1933. Nada mais era do que a grade do radiador dividida em duas longas partes verticais inclinadas para trás do lado de fora.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

Essa primeira idéia aerodinâmica do radiador pontiagudo é o resultado do designer Fritz Fiedler, responsável por abrir caminho para a lendária grade dos carros de Munique. Com o tempo, a grade icônica mudou em altura, largura, forma e posição, mas quem a vê sabe, imediatamente, que o carro que vem vindo é um BMW.

Com o BMW 328, torna-se conhecido em todos os circuitos

Entre os carros que fizeram a marca BMW e sua famosa grade serem conhecidas na Europa e no mundo, certamente há o BMW 328, que venceu em quase todos os lugares.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

A grade se torna famosa também no luxuoso 327 e chega quase intacta até a década de 1940. No período pós-guerra, os modelos 501 e 502 reproduziram o duplo rim com algumas modificações, mas foi com o exclusivo BMW 503 que as coisas começaram a mudar – principalmente em tamanho e altura.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

No 507, a grade aumenta

Uma revolução completa veio com o BMW 507 de 1956, o espetacular esportivo conversível que, graças ao lápis de Albrecht von Goertz, ostentava um rim duplo desenvolvido horizontalmente como parte integrante do estilo entre os dois faróis redondos.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

Solução estética semelhante, que combina bem com linhas baixas e esportivas, foi vista no BMW Z8 projetado por Henrik Fisker, sob a supervisão de Chris Bangle, uma homenagem declarada ao ancestral 507.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

A linha evolutiva do duplo rim horizontal

A idéia do rim duplo em posição horizontal, inclusive, evoluiu nos últimos anos também nas novas séries 3, 5 e 8. O BMW i3 elétrico repete a solução, mas com uma grade pequena e fechada pois não tem a função de fornecer ar ao motor. Da mesma maneira, o BMW i8 estiliza a grade horizontal estendida, um pouco como o Z4, incluindo a nova geração.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

A dianteira dos conceitos BMW Vision ConnectedDrive de 2011 e Vision M NEXT de 2019 estão na mesma linha, mas eles se concentram em formas poligonais ainda mais complexas para o famoso escudo.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

20 anos de máscara na máscara

Voltando ao desenvolvimento do rim duplo original, aquele com dois elementos verticais, descobrimos que o 3200 CS e o famoso “Neue Klasse” de 1962 começam a inseri-lo em uma grade maior que ocupa quase toda a frente.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

A idéia da grade lado a lado estava destinada a durar muitos anos na BMW, como demonstrado pelas Série 2 de 1966, E3 e E9, todos ancestrais das Séries muito mais famosas que chegaram até nós desde os anos 70.

A era dos faróis redondos

Os primeiros BMW Série 5 de 1972, Série 3 de 1975 e Série 7 de 1977 encarnavam esse aspecto característico dos BMWs vistos de frente, uma tradição feita de um pequeno rim duplo central e uma grande máscara negra que incorporava dois ou quatro faróis circulares. Um “rosto” que a BMW mostrou há quase vinte anos e que permanece na memória dos entusiastas.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

Nos mesmos anos, no entanto, o BMW M1, o primeiro Série 8 e o Z1 se diferenciavam pelo minúsculo rim duplo na frente pontiaguda, quase uma memória ancestral do passado que não sabe se deve desaparecer ou permanecer lá na frente.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

A grade vai ganhando estilo

Depois de diminuir de tamanho, o duplo rim é relançado nos anos 90 ocupando quase toda a frente dos Série 7, Z3, X5 e os mencionados sedãs, cupês e conversíveis das Séries 3 e 5. .

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

A tendência da grade crescida foi confirmada nos anos 2000 com as Séries 1, 6, X1 e X3.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

Sempre maior

Nos últimos dez anos, a BMW começou a “provocar” seu público com uma série de inovações relacionadas ao estilo do rim dianteiro duplo, parcialmente com conceitos e parcialmente com carros da série, como o Série 5 de 2017.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

Com o BMW X5 2018, a grade ficou maior tanto na horizontal quanto vertical e estreou um enorme elemento cromado que domina o estilo e atinge seu pico com a Série 7 de 2019 e o X7 do mesmo ano.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

Antes, no entanto, havia, a gosto, o conceito BMW Pininfarina Gran Lusso Coupé de 2013 e o BMW Vision Future Luxury de 2014.

Começa a partir do 328 a volta da grade vertical

Em 2011, no entanto, começou uma espécie de corrida para verticalizar o rim duplo, uma proposta de estilo que ainda não chegou aos carros da série, mas com quase dez anos de atraso, parece pronta para estrear no novo Série 4 2020, como já antecipado em diversos flagras.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

O responsável por dar início à nova moda foi o BMW 328 Hommage, um conceito que inspirado pelo ancestral de mesmo nome, estiliza a grade com dois elementos que vão do capô ao para-choque.

Rim duplo imponente ou estilizado?

Algo semelhante, mas mais próximo da idéia de produção em série, é oferecido pelo BMW 3.0 CSL Hommage de 2014, seguido pelo Vision Next 100 de 2016 e, finalmente, pelo Concept 4 (2019) e Concept i4 (2020) que antecipam o Série 4 Coupé e o i4 elétrico.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

Ainda mais longe, outros protótipos que começaram a se unir ao rim duplo verticalizado como nos primórdios da marca. O desenho já apareceu no BMW i Vision Dynamics de 2017, Vision iNEXT e Concept iX3 de 2018, entre outros.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

BMW sem rim duplo

A icônica Isetta e o BMW 700, projetados para transportar os alemães e a custos baixos, têm visual com frente “muda”, sem a tradicional grade que caracteriza os outros modelos da Baviera.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

Até hoje, eles são os únicos BMWs sem rim duplo, além dos 3/15 e 3/20 das décadas de 1920 e 30 do século passado e o fugitivo BMW 340 de 1949.

O “não-BMW” com rim duplo

Vale lembrar o fato de que a EMW da Alemanha Oriental também é uma das poucas marcas que ostentava uma máscara “apócrifa” semelhante ao rim duplo da BMW, exatamente como o Bristol do primeiro período pós-guerra.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

Entre as curiosidades, deve-se notar que vários designers e construtores de carrocerias tentaram, ao longo dos anos, alterar a forma do rim duplo da BMW, até o retangular do Spicup de 1969 e o losango duplo do BMW Garmisch (1970), ambos da Bertone. Um rim duplo “virado” em comparação com o habitual é o do BMW X2, que tem lados compridos inclinados no topo e não no fundo.

Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione
Griglia BMW, 87 anni di evoluzione

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here