Em 1925, a Chevrolet chegou ao Brasil montando seus veículos em um galpão localizado no Ipiranga, São Paulo. Cinco anos depois, a empresa inaugurava sua primeira fábrica no Brasil, não muito distante de sua antiga linha de montagem, em São Caetano do Sul (SP), que completa 90 anos de operação em 2020 como uma das fábricas de automóveis mais modernas do país. 

Se no começo a GM era uma marca de picapes, o Opala nasce em 1968 e abre a produção de carros de passeio em São Caetano do Sul, que depois abasteceu o mercado com modelos como Monza, Vectra, Corsa e, hoje, é responsável pela fabricação de Montana, Spin, Joy, Joy Plus e a maior novidade da marca em 2020, a nova geração do SUV Tracker. 

Com o passar dos anos, diversas atualizações foram feitas na linha de montagem. A mais recente aconteceu entre 2018 e 2019, para receber justamente o Tracker. A fábrica de São Caetano do Sul entrou no que chamam de Indústria 4.0, com diversos processos automatizados com foco na maior produtividade e ganhos em conforto aos colaboradores, velocidade e menos perdas na montagem do veículo. 

O investimento de R$ 1,2 bilhão trouxe uma linha de montagem mais moderna, inclusive com robôs que distribuem peças e outros que trazem as carrocerias até os pontos de montagens de seus componentes, ajudando as equipes. O processo de pintura também é totalmente automatizado, assim como a instalação dos vidros (que são colados na carroceria), além de diversas outras tecnologias. 

Chevrolet em São Caetano do Sul (SP) - 90 anos
Chevrolet em São Caetano do Sul (SP) - 90 anos

Além de São Caetano do Sul (SP), a Chevrolet tem plantas em Gravataí (RS) e São José dos Campos (SP) para a produção de veículos, além da fábrica de motores em Joinville (SC) e sua pista de testes em Indaiatuba (SP). 

Fotos: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here