Carscoops/Reprodução

A Ferrari é uma das marcas mais desejadas pelos amantes de carros. Mas alguns donos dos exclusivos modelos da marca italiana parecem esquecer da raridade que tem nas mãos.

Um exemplo disso é a bizarra configuração limusine do modelo 360 Modena encontrada à venda na Austrália.

O modelo foi fabricado entre 1999 e 2004 pela empresa, mas chegou à Oceania em 2012, segundo o site Carscoops.

Continua após a publicidade
Carscoops/Reprodução

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Logo após sua chegada, o modelo já foi cortado ao meio para receber um novo corpo alongado em alumínio. Ao menos manteve o mesmo material da estrutura de fábrica do veículo.

Diferente da parte estrutural, o teto, lateral e as portas do tipo gaivota, foram construídas em fibra de vidro, em uma tentativa de manter o veículo leve.

Carscoops/Reprodução

No cofre do motor foi mantido o V8 central traseiro de 3,6 litros que gera 365 cv – e que permitia o veículo acelerar de 0 a 100 km em 4,2 segundos e atingir a máxima de 298 km/h.

Continua após a publicidade

Agora não se sabe as novas especificações técnicas de velocidade e aceleração do modelo, já que teve toda a parte estrutural modificada e recebeu a transmissão do Subaru Liberty GT.

Carscoops/Reprodução

Por dentro, o acabamento sofisticado da Ferrari foi substituído por dois televisores, novo sistema de som, luzes coloridas e bar, além de uma nova disposição para os bancos que permite o transporte de oito ocupantes.

O preço de tudo isso? Com 65.000 quilômetros rodados, a Ferrari 360 Modena limusine pode ser sua por US$ 284.997 (cerca de R$ 1,5 milhão).

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Arte/Quatro Rodas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here