Com risco de abandonar o Salão do Automóvel, grupo FCA também terá 500 elétrico e versões híbridas de Compass e Renegade ainda neste ano

Com porte de Compass, o modelo será lançado em 2021 no Brasil

Com porte de Compass, o modelo será lançado em 2021 no Brasil (Felipe Bitu/Quatro Rodas)

A Fiat lançou poucos carros nos últimos anos – Toro e Mobi vieram em 2017, Argo em 2017 e Cronos em 2018 –, só que a marca prepara uma série de novidades até 2021: nova Strada, dois SUVs inéditos e o 500 em versão elétrica.

Se a picape já não é nenhuma surpresa (há até fotos oficiais), os utilitários só foram detalhados agora.

O primeiro será um modelo compacto, nos moldes do VW Nivus, com plataforma do hatch Argo e preços abaixo do Jeep Renegade. Ele terá motores 1.3 aspirado e 1.0 turbo, com câmbio CVT.

Produção da novidade está confirmada para a unidade de Betim (MG)

Produção da novidade está confirmada para a unidade de Betim (MG) (Felipe Bitu/Quatro Rodas)

Já o segundo será maior e terá estilo inspirado no conceito Fastback, que foi levado ao Salão do Automóvel de 2018. Será um SUV único, com um estilo próprio, muito italiano”, diz Antonio Filosa, presidente do FCA na América Latina.

Ele deve ser um dos primeiros carros do grupo a contar com o propulsor 1.3 Firefly turbo flex de aproximadamente 180 cv.

Ambos os SUVs serão produzidos em Betim (MG) e chegarão em 2021. De acordo com nossa apuração, o segundo modelo terá porte semelhante ao conceito mostrado há dois anos. Ou seja, tamanho próximo ao Jeep Compass atual.

SUV derivado do Argo também já circula em testes

SUV derivado do Argo também já circula em testes (Facebook/Internet)

Mais surpreendente, talvez, seja a confirmação do 500 elétrico para nosso mercado já em 2020. O compacto será apresentado no Salão de Genebra, na Suíça, no próximo mês e, ao que tudo indica, deverá terá plataforma totalmente nova.

Os novos motores 1.0 e 1.3 turbo começarão a ser feitos ainda neste ano. Mas, como a própria Fiat já havia antecipado após os investimentos de R$ 500 milhões para a produção da nova família, só chegarão às concessionárias em 2021.

Compass de sete lugares também já tem data de estreia para nosso mercado

Compass de sete lugares também já tem data de estreia para nosso mercado (Facebook/Internet)

O grupo FCA também planeja uma nova plataforma de serviços conectados e aluguel de carros. Ainda não há informações de modelos disponíveis e preços, mas já se sabe que será nos moldes da plataforma já existente para Toyota e Lexus.

Também há outros lançamentos para o grupo, como o novo Jeep em versão com sete lugares – que é derivado diretamente do Compass estreará ano que vem.

Ainda haverá a opção híbrida do SUV (e do Renegade), trazido da Europa sem adaptação para etanol, ou seja, bebendo apenas gasolina, em 2020.

Ainda segundo Filosa, o grupo FCA está revendo sua decisão de participar do Salão do Automóvel de São Paulo 2020, com chances de seguir o caminho adotado por Chevrolet, Hyundai, Toyota e outras marcas.

Caso vá ao evento, a empresa levará as picapes Jeep Gladiator e Ram 1500, além da versão de produção do Fiat Fastback. O problema é que, assim como Ford e Renault, o grupo não descarta a possibilidade de abandonar evento.

As versões híbridas de Compass e Renegade virão sem adaptação ao etanol

As versões híbridas de Compass e Renegade virão sem adaptação ao etanol (Nelson dos Santos/Quatro Rodas)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here