Considerado um modelo de futuro incerto na época do saudoso Sergio Marchionne, o Fiat Tipo agora parece que terá vida longa com a presença de Mike Manley no comando da FCA. Prova disso é que a marca prepara para breve o lançamento de uma reestilização de meia-vida acompanhada de mudanças significativas na oferta de motores. O facelift manterá o modelo atualizado diante da ferrenha concorrência europeia e de, quebra, atualizará o conjunto mecânico com a chegada de opções mais limpas e enquadradas nas novas regras anti-poluição. Ou seja, os recém-lançados propulsores 1.0 e 1.3 Firefly.

Detalhes sobre a reestilização ainda são limitados, mas levando em conta que o Tipo atual foi lançado em 2015 a expectativa fica para mudanças realmente relevantes. Nesse sentido, são esperadas modificações no desenho da dianteira, novas rodas e alterações no desenho da traseira. No interior, certamente haverá atualizações no sistema de entretenimento e incrementos em detalhes do acabamento, como revestimentos e texturas. O facelift, vale lembrar, será aplicado em todas as três opções de carroceria: hatchback, sedã e station wagon. A produção, por sua vez, continuará concentrada na fábrica de Tofas, na Turquia.

Quer se tornar um mecânico de sucesso? Clique aqui !

Na mecânica, serão bem-vindos os motores 1.0 e 1.3 da família Firefly, que podem render entre 120 cv e 150 cv nas versões turbinadas. A gama já é oferecida em outros modelos do grupo, como Jeep Renegade e Fiat 500X, e em breve chegará também ao Brasil. Com as mudanças, a FCA espera estender o ciclo de vida do Tipo até 2025.

Fotos: Divulgação 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here