Recall do sedã foi anunciado após QUATRO RODAS noticiar dois incêndios do modelo no Nordeste do país

Sucessor do Prisma foi lançado em setembro

Sucessor do Prisma foi lançado em setembro (Fernando Pires e Fabio Gonzalez/Quatro Rodas)

A General Motors revelou nesta quinta-feira (14) que 80% dos Onix Plus convocados para recall de atualização do software do motor, na última sexta (8), foram reparados. A empresa ainda afirma que 99% dos proprietários dos veículos já foram contatados. Cerca de 19 mil unidades foram envolvidas na ação.

No início desta semana, QUATRO RODAS já havia adiantado que os modelos retidos pela marca seriam devolvidos aos seus donos e que o sedã voltaria a ser vendido nas concessionárias.

Segundo o presidente da GM na América do Sul, Carlos Zarlenga, os esforços não vão parar “até que absolutamente todos os carros estejam revisados.”

Onix Plus corre o risco de pegar fogo

Onix Plus corre o risco de pegar fogo (Reprodução/Internet)

A fabricante havia decidido suspender as entregas do veículo na terça-feira (5), um dia depois de QUATRO RODAS noticiar os dois casos de incêndio do Onix Plus pelo Brasil.

A partir da nossa reportagem, um comunicado interno foi emitido admitindo que o fogo poderia ser provocado por uma falha na programação da injeção eletrônica.

Durante a última semana, os donos do modelo foram chamados para comparecerem às concessionárias, até que na sexta-feira (8), foi oficializado o recall.

A Chevrolet afirma que “a atualização do software é necessária, pois, em condição específica de temperatura, altitude e pressão, além da composição do combustível, o motor pode quebrar, podendo ocasionar o vazamento de óleo, que, em contato com partes quentes pode provocar um incêndio”. O serviço dura em média de 30 minutos a uma hora.

Para seguir com os procedimentos de reparo, algumas concessionárias irão abrir neste fim de semana. A lista completa com os contatos está disponível no site da GM.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here