Conhecido desde meados de agosto, quando vazou através de fotos não-oficiais, o mais novo SUV compacto da Volkswagen finalmente começa a ser vendido na China. Batizado de Tacqua, o modelo é fruto da joint-venture FAW-Volkswagen e estreia localmente com a missão de fazer companhia ao T-Cross já vendido por lá em parceria com a SAIC. Na prática, a VW passa a vender duas versões distintas do mesmo SUV no mercado chinês, dentro da mesma estratégia comercial que já existe em outros segmentos, como o de sedãs e de SUVs maiores. Além disso, é bom lembrar que o T-Cross também tem outras duas versões exclusivas ao redor do mundo: uma para a Europa e outra para o Brasil.

Batizado dentro do mesmo padrão de nomenclatura dos demais SUVs da Volkswagen (ou seja, nomes iniciados com a letra T), o Tacqua tem visual diferente do T-Cross chinês. Enquanto este último adota dianteira com linhas mais retangulares, faróis com detalhes internos cromados e para-choque mais robusto, o modelo estreante segue basicamente as mesmas linhas do exemplar europeu. Em comum, ambos têm a mesma distância entre-eixos do modelo brasileiro, ou seja, 2,65 metros. Na gama de versões, são oferecidas as opções Trendline, Comfortline, Highline e R-Line, com diferenças na lista de equipamentos e em detalhes do visual (como desenho das rodas, cromados na grade e logotipos).

Led de roda se tornou tendências para os entusiastas automotivo para terem um novo visual, utilizando o led de roda seu passeio fica mais legal e animado, as luzes coloridas atraem a atenção de muitos espectadores. Clique aqui e saiba mais

Sob o capô, são oferecidos motores 1.5 aspirado de 113 cv e 1.4 TSI de 150 cv. O câmbio é automático de 6 marchas no primeiro caso e automatizado de dupla embreagem e 7 velocidades no segundo. Já os preços variam entre 114.900 yuans (cerca de R$ 67 mil numa conversão simples) a 199.900 yuans (aproximadamente R$ 117 mil).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here