Veja o quanto ligar o ar-condicionado ou abrir as janelas interferem no consumo de combustível de Virtus, Kwid, C4 Cactus e Prius

Por Péricles Malheiros

access_time

12 jun 2019, 07h00

Prius, Kwid e Virtus no teste do consumo de Longa Duração

Prius, Kwid e Virtus no teste do consumo de Longa Duração (Fernando Pires/Quatro Rodas)

C4 CACTUS – Vidros abertos e ar ligado quase não alteram o consumo

O modelo mais recente de nossa frota de Longa Duração foi muito melhor do que esperávamos.

A grande surpresa foram os baixos índices relativos de perda tanto com os vidros abertos quanto com o ar-condicionado ligado – os menores de todo o teste.

Com média de consumo de 9,75 km/l de gasolina na cidade na medição com ar-condicionado ligado, o C4 Cactus 1.6 empatou com o Kwid e seu motor de três cilindros 1.0 avaliado na mesma situação.

C4: o que menos sofreu com vidros abertos e ar ligado

C4: o que menos sofreu com vidros abertos e ar ligado (Fernando Pires/Quatro Rodas)

 

VIDRO FECHADO/AR DESLIGADO VIDRO ABERTO/AR DESLIGADO VIDRO FECHADO /AR LIGADO
CONSUMO URBANO 10,6 km/l 10,15 km/l 9,75 km/l
CONSUMO RODOVIÁRIO 13,5 km/l 13,3 km/l 13,0 km/l

 

KWIDMotor pequeno e ar ligado: piora de até 29,1% no consumo

Deu a lógica: o motor 1.0 aspirado do Kwid foi o que mais sofreu com o ar-condicionado ligado: o consumo foi 29,1% pior na cidade (de 13,75 km/l para 9,75 km/l) e 21,08% na estrada (de 18,5 km/l para 14,6 km/l).

Também foi do Kwid a piora mais relevante no consumo rodoviário com os vidros abertos: 12,4% (18,5 km/l e 16,2 km/l).

Na cidade, o efeito paraquedas causado pelos vidros abertos foi menor: piora de 4,7% ante 5,4% do Prius, 0,8% do Virtus e 4,2% do Cactus.

No Kwid, ar ligado faz o gasto com gasolina disparar

No Kwid, ar ligado faz o gasto com gasolina disparar (Fernando Pires/Quatro Rodas)

 

VIDRO FECHADO/AR DESLIGADO VIDRO ABERTO/AR DESLIGADO VIDRO FECHADO /AR LIGADO
CONSUMO URBANO 13,75 km/l 13,15 km/l 9,75 km/l
CONSUMO RODOVIÁRIO 18,5 km/l 16,2 km/l 14,6 km/l

 

VIRTUS Abrir os vidros na cidade quase não altera seu consumo

Na cidade, a bordo do Virtus, você  pode rodar com o vidro aberto sem medo de a economia voar pela janela: nessa condição, a piora no consumo de gasolina é de apenas 0,8% (cai de 12,25 para 12,15 km/l).

Uma curiosidade: nossos testes revelaram ainda que, com ar-condicionado ligado, o Virtus é mais econômico que o Kwid, tanto na cidade quanto na estrada – médias de, respectivamente, 9,95 e 14,8 km/l no Volkswagen e 9,75 e 14,6 km/l no Renault.

Com ar ligado, Virtus é mais econômico que o Kwid

VIDRO FECHADO/AR DESLIGADO VIDRO ABERTO/AR DESLIGADO VIDRO FECHADO /AR LIGADO
CONSUMO URBANO 12,25 km/l 12,15 km/l 9,95 km/l
CONSUMO RODOVIÁRIO 17,5 km/l 16,4 km/l 14,8 km/l

PRIUS – Aerodinâmica aprimorada é o grande trunfo do híbrido

Nem o sistema de ar-condicionado com compressor elétrico do Prius foi páreo para o conjunto do Cactus.

Rodar com o híbrido na cidade com ar ligado acarreta um aumento no consumo de 20,3% (piora de 27,41 para 21,84 km/l), enquanto o Citroën cai 8% (10,6 / 9,75 km/l).

Na estrada, o aumento no consumo foi de 8% ante surpreendentes 3,7% do C4 (13,5 / 13 km/l), e esperados 21,1% do Kwid (18,5 / 14,6 km/l), e 15,4% do Virtus (17,5 / 14,8 km/l).

Prius: números que encantam quem prioriza o baixo consumo

Prius: números que encantam quem prioriza o baixo consumo (Fernando Pires/Quatro Rodas)

 

VIDRO FECHADO/AR DESLIGADO VIDRO ABERTO/AR DESLIGADO VIDRO FECHADO /AR LIGADO
CONSUMO URBANO 27,41 km/l 25,92 km/l 21,84 km/l
CONSUMO RODOVIÁRIO 21,74 km/l 20,62 km/l 20,0 km/l

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here