Você move a alavanca da seta do C4 Cactus e as luzes piscam, mas o tique-taque do alerta sonoro só aparece quando sente vontade

Por Péricles Malheiros

access_time

16 ago 2019, 07h00

Às vezes, o som do pisca do nosso Citroën fica mudo

Às vezes, o som do pisca do nosso Citroën fica mudo (Renato Pizzutto/Quatro Rodas)

Se há uma lição que o Longa Duração nos ensina, ela é: “Nada como o convívio para que a gente conheça intimamente um carro”.

Com o C4 Cactus, não é diferente. Apesar de não haver nenhuma indicação gráfica, o botão na extremidade da alavanca esquerda ativa o comando de voz.

“Estava com meu celular conectado à central multimídia do carro via Android Auto e, quando pressionei o tal botão, o áudio silenciou e a entrada de busca por comando de voz do Google saltou na tela”, conta o editor de Longa Duração, Péricles Malheiros.

Mas, infelizmente, as descobertas não trouxeram apenas boas surpresas. O primeiro a notar os sumiços intermitentes do som de ativação das luzes indicadoras de direção foi o repórter Henrique Rodriguez.

“Inicialmente, achei que não tinha ouvido o tique-taque do pisca porque estava numa região barulhenta. Então, concentrei minha atenção e, nas manobras seguintes, percebi que, independentemente do lado que eu sinalizava por meio da alavanca, ora o som surgia, ora não”, disse.

O mesmo Henrique notou a ausência da bolsa na parte de trás dos assentos dianteiros.

“Estava com alguns exemplares de QUATRO RODAS e, quando fui usar os porta-revistas, notei que eles simplesmente não existem. Foi uma surpresa negativa, especialmente por se tratar de algo barato e muito útil. Uma ausência que não combina nem com a versão básica do Cactus, que dirá com a nossa, Feel Pack, apenas um nível abaixo da topo de linha”.

Além do sumiço do som do pisca, há outra falha intermitente, também constatada pela primeira vez por Péricles: “Vez ou outra, mesmo com a chave presencial próxima ao carro, o toque na maçaneta não ativa o destravamento automático das portas”.

Citroën C4 Cactus – 9.125 km

Consumo

No mês: 10,7 km/l com 31,9% de rodagem na cidade
Desde abr/19: 10,5 km/l com 33,6% de rodagem na cidade
Combustível: (flex) gasolina

Gastos no mês

Combustível: R$ 2.217

Revisões

Até 60.000 km: R$ 3.738

Ficha Técnica

Versão: Feel Pack 1.6 16V
Motor: 4 cil., diant., transv., 1.587 cm3, 16V, 118/115 cv a 5.750 rpm, 16,1/16,1 mkgf a 4.750/4.000 rpm
Câmbio: aut., 6 marchas, tração dianteira

Seguro

R$ 1.640*

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here