fbpx
Início Automotivo Mecânico ouve barulho vindo de destroços de um carro no rio: olha...

Mecânico ouve barulho vindo de destroços de um carro no rio: olha pela janela e faz uma terrível descoberta

504
Imigrantes que querem entrar nos Estados Unidos estiveram recentemente sob os holofotes. O presidente se referiu aos imigrantes do México em particular como “criminosos, assassinos, contrabandistas e estupradores”.

Mas acho que ele mudaria de ideia se conhecesse Benny Coronado Rodriguez, de 31 anos, de Denton, Texas. Uma mulher e a filha de dois anos de idade certamente teriam sido mortas se não fosse pelo esforço heróico de Benny. 

Benny Rodriguez, um mecânico de 31 anos, sempre faz o mesmo caminho para chegar à garagem que ele possui, a Swift Tyre Shop.

Mas na última terça-feira, sem nenhum motivo específico, ele decidiu ir por um outro completamente diferente para o trabalho. Chame isso de destino ou pressentimento – essa decisão acabaria tendo um grande impacto na vida de algumas pessoas.

Benny, que cresceu no México, cantarolava “Tennessee Whiskey”, de Chris Stapleton, em sua picape, quando de repente viu um carro parcialmente submerso no riacho que corria ao lado da estrada.

Mesmo com uma chuva torrencial e raios, Benny imediatamente parou e saiu do carro. Então ouviu gritos de socorro vindos do carro que afundava – era a voz de uma mulher desesperada.

Quando Benny se aproximou, ouviu uma mulher gritando que sua filha de dois anos estava presa dentro do carro.

A mãe conseguiu sair  – mas a água estava entrando no banco de trás onde a filha estava sentada.

“Eu perguntei se estava bem, e ela disse: ‘Sim, mas está entrando água no carro e eu tenho a minha filha de dois anos comigo’”, diz Rodriguez, que é casado e tem duas filhas, com idades entre 7 e 10 anos.

Benny percebeu que não havia tempo para esperar por ajuda ou pelo 911. Ele decidiu salvar a mulher e a criança.

“Eu corri para o meu caminhão, peguei uma corda, me amarrei e pulei na água”, disse ao Denton Chronicle.

Ele amarrou a outra ponta da corda em uma árvore e depois pulou na água sem hesitação, foi quando outro motorista passou e chamou a polícia.

Usando a mão esquerda, ele conseguiu puxar a garota pela janela. Felizmente, estava suficientemente aberta para permitir que Bobby a salvasse.

“Quando ela me disse que tinha uma garotinha, na minha cabeça eram minhas filhas”, diz ele.

Cerca de meia minutos após o ato heróico de Benny, os bombeiros chegaram ao local do acidente. De acordo com o chefe dos bombeiros, Luke Ridinger, a mãe e a filha sofreram apenas ferimentos leves e não precisaram ser levadas para um hospital.

Mas se Benny não tivesse vindo, as coisas poderiam ter sido muito piores.

“A água estava alta o suficiente para que, se elas estivessem presos no carro, poderiam ter se afogado”, disse o chefe dos bombeiros.

Segundo Ridinger, a mulher havia perdido o controle do veículo na chuva. Pelo menos uma pessoa já havia morrido morreu no local este ano, acrescentou.

Lágrimas de gratidão

Após o acidente, o marido da mulher chegou para buscar ambas. Benny nunca soube o nome dela – porque ele teve que se sair antes para trabalhar, ele conta.

Ele só se lembra das lágrimas de gratidão que escorriam pelo rosto daquela mãe.

“Eu disse a ela: ‘Deus te abençoe’ e chorava me dizendo: ‘Deus te abençoe também’”, diz Benny.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here