VW T-Cross com câmbio manual tem participação mínima nas vendas Divulgação/Volkswagen

Talvez você nem lembre disso, mas ainda existem SUV com câmbio manual à venda no Brasil – ainda que (quase) ninguém compre. E, dependendo do modelo, a participação é de apenas 0,36% do total de vendas, como é o caso do VW T-Cross.

Segundo dados da Mobiauto, o utilitário da Volkswagen emplacou 42.031 unidades com câmbio automático até setembro deste ano. Por outro lado, foram comercializados apenas 153 exemplares com pedal de embreagem (que nós já testamos).

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 5,90

No caso do Jeep Renegade, líder do segmento, a opção com câmbio manual saiu de linha há quinze meses, quando estrearam as lanternas com iluminação de led. Ainda assim, a versão emplacou 20 unidades neste ano, ou seja, 0,05% do total.

Por sua vez, o recém-lançado Chevrolet Tracker, as versões automáticas representam 99% do total de vendas (29.269 unidades, contra só 311 do câmbio manual). Vale dizer que a opção manual é R$ 8.400 mais barata que a automática de entrada.

Led de roda se tornou tendências para os entusiastas automotivo para terem um novo visual, utilizando o led de roda seu passeio fica mais legal e animado, as luzes coloridas atraem a atenção de muitos espectadores. Clique aqui e saiba mais

Nissan Kicks básico ainda consegue alguma participação nos emplacamentos Nissan/Divulgação

Para Hyundai Creta e Nissan Kicks, o cenário não é tão catastrófico assim – considerando os rivais, é claro: as versões com pedal de embreagem representaram 3,3% (1.012 carros) e 5,9% (1.527), respectivamente, do total de vendas neste ano.

Entretanto, para os modelos mais baratos, como Caoa Chery Tiggo 2 e Renault Duster, essas configurações com câmbio manual ainda têm boa participação, com 33,1% (1.097 carros) do mix total para o primeiro e 31,2% (3.527 carros) para o segundo.

Chery Tiggo 2
Caoa Chery Tiggo 2 ainda depende das vendas com câmbio manual divulgação/Chery
Continua após a publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here