Especulado desde 2017, o lançamento de uma nova Frontier para a América do Norte parece finalmente estar próximo de acontecer dentro da calendário da Nissan. Ao longo dos últimos meses, a marca vem dando várias dicas do que está preparando e criando expectativa junto ao público sobre os principais atributos da novidade. Conforme já adiantado por alguns executivos, a nova picape terá “design forte” e carregará consigo “a robustez típica do segmento”. 

O objetivo da Nissan será substituir o longevo modelo vendido desde 2004, de modo a acompanhar as principais movimentações da concorrência. No entanto, a solução encontrada para o mercado local não será a mesma vista globalmente. Na prática, a América do Norte terá um modelo com design e motores exclusivos, em detrimento da Frontier internacional vendida no Brasil e em vários outros países.

Na mecânica, a Nissan abrirá mão da plataforma da Frontier global (também chamada de NP300 ou Navara) e optará por modernizar a atual arquitetura F-Alpha, de modo a torná-la compatível com a nova realidade do segmento (leia-se redução de peso e eficiência energética). Apesar disso, a gama de motores será inteiramente renovada, com destaque para a oferta do recém-lançado propulsor 3.8 V6 de 314 cv e 38,8 kgfm de torque, ligado ao câmbio automático de 9 marchas. Será uma das principais armas da marca para enfrentar as versões também V6 de Chevrolet Colorado, Jeep Gladiator e Toyota Tacoma, além da Ford Ranger e seu quatro-cilindros 2.3 EcoBoost de 272 cv.

A manutenção da base atual poderá gerar questionamentos sobre o status de nova geração, mas a expectativa é que sejam promovidas atualizações bastante significativas. Informações de bastidores indicam que o chassi será consideravelmente modificado e que uma nova arquitetura eletrônica será adotada. Além disso, são esperados avanços importantes em termos de design. “Será algo bastante moderno, mas com a manutenção da robustez típica de uma picape e dentro do que os fãs deste segmento gostariam de ver”, disse há alguns meses uma fonte ligada à agência Automotive News. O lançamento é aguardado para o final do ano, já como linha 2021.

Nissan Frontier 2020 (EUA)

O interesse da Nissan por esta nova Frontier é estratégico e direcionado exatamente para o ‘boom’ vivido pelo segmento. Mesmo sendo um projeto lançado em 2004, a picape atual ainda vende consideravelmente bem nos EUA e não faz feio diante das rivais mais modernas. Para efeito de comparação, em 2019 foram emplacadas nos Estados Unidos 72.369 unidades – o que lhe rendeu a 4ª colocação no segmento. A categoria é liderada pela Toyota Tacoma (248.801 unidades) e conta também com a participação de Chevrolet Colorado (122.304), Ford Ranger (89.571), Jeep Gladiator (40.037), Honda Ridgeline (33.334) e GMC Canyon (32.825).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here