Mesmo com opcionais, versão de entrada do esportivo custa para clientes americanos o mesmo que o sedã grande para um comprador brasileiro

Por Renan Bandeira

access_time

15 ago 2019, 15h10

Chevrolet Corvette Stingray C8

Chevrolet Corvette Stingray C8 (Divulgação/Chevrolet)

A Caoa voltou a trazer o Hyundai Azera para o Brasil, após encerrar a importação em 2017. Em sua sexta geração, o sedã coreano desembarcou com seu tradicional motor V6 de 260cv e 31mkgf de toque, na única versão possível: Exclusive.

O veículo chega com valor “salgado”: R$ 269.900.

Embora inclua detector de pontos cegos, multicâmera com visão em 360 graus, frenagem autônoma de emergência e um novo câmbio automático de oito marchas com dois modos de condução, uma mais esportivo e outro mais econômico, o Azera não deixou de ser um… Azera.

Hyundai Azera desembarca novamente no Brasil, mas com preço salgado

Hyundai Azera desembarca novamente no Brasil, mas com preço salgado (Divulgação/Hyundai)

Pensando no valor pedido pela Hyundai, já imaginou quais carros poderiam ser comprados com R$ 270 mil?

Se as opções já são interessantes no Brasil, saiba que nos Estados Unidos o consumidor pode adquirir o novo Chevrolet Corvette Stingray pelo equivalente aos mesmos R$ 270 mil, ou até por menos.

Apresentado no último mês, o novo Corvette poderá ser adquirido pelo consumidor americano por US$ 59.995 mais US$ 1.095 de frete na versão de entrada LT1, o que na atual conversão (US$ 1 para R$ 4,01) se aproxima de R$ 244 mil.

Com mudança do motor, habitáculo ficou 42 centímetros mais a frente comparado a última versão

Com mudança do motor, habitáculo ficou 42 centímetros mais a frente comparado a última versão (Divulgação/Chevrolet)

Desde a versão básica o Corvette 2020 sai de fábrica com motor V8 aspirado central-traseiro de 6,2 litros de 490 cv e 64,3 mkgf, gerenciado por câmbio automático de oito marchas com dupla embreagem.

Nessa especificação, o muscle promete ir de 0 a 100 km/h em meros 3 segundos.

Se isso ainda não for o suficiente, o comprador pode optar pelo pacote esportivo Z51 (US$ 5.000) e pelo escapamento esportivo (US$ 1.195), que dá ao carro mais 5 cv e 0,7 mkgf de força. 

Tais opcionais elevam o preço a US$ 67.285, ou R$ 271 mil, ainda perto do valor do Azera no Brasil.

Além disso, de série o esportivo ainda traz quadro de instrumentos digital de 12 polegadas, volante com base e topo achatados e uma régua de botões no console central, fechando o condutor em um formato parecido com um cockpit.

Interior lembra cockpit e mantém todas as funções do veículo próximo ao toque do motorista

Interior lembra cockpit e mantém todas as funções do veículo próximo ao toque do motorista (Divulgação/Chevrolet)

O teto rígido ainda pode ser removido e há compartimentos de bagagem tanto na traseira quanto no dianteira.

O novo Corvette ainda conta com as versões LT2 (US$ 67.295 mais frete) e LT3 (US$ 71.945 mais frete). Ambas contam com outro opcional: suspensão dianteira regulável, que custa US$ 1.495 (cerca de R$ 6.000).

A má notícia é que, em sua oitava geração, o novo Corvette mudou drasticamente os traços e perdeu um pouco da característica do Stingray tradicional.

Por ter motor posicionado na parte traseira da carroceria, perdeu a frente extensa normal do antigo muscle. Assim, ganhou mais aparência de um superesportivo europeu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here