Apesar de anunciada inicialmente apenas em versões aspiradas, a nova geração do Peugeot 208 também será vendida com motor turbo na América do Sul. Na Argentina, a filial local da PSA acaba de confirmar para janeiro do ano que vem o lançamento da variante esportiva GT Line, que virá importada da França para complementar o portfólio. 

Posicionada no topo da gama, ao lado da versão 100% elétrica, a novidade terá sob o capô motor 1.2 Pure Tech turbo com potência de 130 cv – sempre associado ao câmbio automático de 6 marchas. Preços ainda não forma revelados, mas certamente ficarão bem acima dos valores cobrados pelas versões Like 1.2 (aspirado) e Feline 1.6 EC5 produzidas em El Palomar, que variam de 1,2 milhão a 1,8 milhão de pesos (cerca de R$ 87.150 e R$ 130.740 numa conversão simples).

No Brasil, o lançamento do novo 208 turbo ainda é considerado uma incógnita. Por aqui, a expectativa é que o hatch seja lançado apenas com motor 1.6 aspirado associado ao câmbio automático, além do elétrico importado. O principal impeditivo é o fato de a versão GT Line ser produzida na França e, consequentemente, sofrer com o alto valor do dólar e a incidência de impostos de importação.

Mais detalhes serão divulgados nos próximos dias, quando a Peugeot apresentará oficialmente o compacto para a imprensa brasileira. Volkswagen Polo e Toyota Yaris serão os principais concorrentes nesse primeiro momento, mas a briga promete esquentar em 2021 com a chegada do inédito Honda City hatch.

Fotos: Divulgação 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here