Apresenta na Europa há algumas semanas durante o Salão de Genebra, a nova geração do Peugeot 208 já está com passaporte carimbado para a América Latina. Completamente renovado, o compacto chegará à região em meados de 2020 e pela primeira vez será produzido na Argentina, na fábrica de El Palomar.

Flagras de unidades rodando camufladas denunciam que os testes locais já foram iniciados e, nesta semana, a descoberta completa da linha de motores comprova que os trabalhos estão bastante adiantados. Ao todo, o modelo será oferecido com três opções de motorização, sendo duas aspiradas e uma turbinada.

Na entrada da gama, marcará presença um 1.2 de 12 válvulas com potência na gasolina de 82 cv, mesmo do 208 atual. Terá três cilindros, injeção indireta e algo em torno de 12 kgfm de torque, sendo sempre associado a um câmbio manual de 5 marchas. Nas versões intermediárias, a Peugeot adotará o conhecido 1.6 16 válvulas que com gasolina rende 115 cv e 15,5 kgfm de força. O câmbio poderá ser manual de 5 marchas ou automático Aisin de 6 relações. A jóia da coroa, porém, será uma versão turbinada do 1.2 de 12 válvulas, neste caso com injeção direta, potência de 130 cv e torque na casa dos 20,4 kgfm. O câmbio será apenas automático.

Quer se tornar um mecânico de sucesso? Clique aqui !

Peugeot 208 2019
Peugeot 208 2019

No Brasil, onde o lançamento acontecerá em 2021, a expectativa é que apenas as duas últimas opções sejam oferecidas. Isso porque o 208 atual, fabricado em Porto Real (RJ), seguirá em linha como opção de entrada, enquanto o novo será posicionado como rival direto do Volkswagen Polo e do futuro Chevrolet Onix Plus. O visual praticamente não deve mudar na comparação com a versão europeia, assim como a plataforma, que será a base CMP. Segundo integrante da família, o SUV 2008 de nova geração também será feito na Argentina usando a mesma arquitetura.

Fonte: Autoblog Argentina 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here