Se uma das maiores críticas do novo Peugeot 208 é seu preço, isso ficou ainda mais evidente em 2021. O hatchback entra no ano novo com um “presente” nada agradável, recebendo seu segundo aumento de preços desde o lançamento. Importado da Argentina, o modelo passa a não ter mais versão automática abaixo dos R$ 80.000.

As versões com o câmbio manual, Like e Like Pack, foram lançadas em novembro e escaparam do primeiro aumento, que aconteceu poucos dias depois para as demais versões. Mas agora ficaram R$ 1.700 mais cara na Like e R$ 4.000 na Like Pack – qual a explicação? Não sabemos. 

Indo para as versões com o câmbio automático, a Active saltou de R$ 77.990 para R$ 80.290 (R$ 2.300 de aumento), deixando o 208 sem uma versão automática abaixo dos R$ 80.000. A Active Pack subiu R$ 2.600, enquanto a Allure ficou “apenas” R$ 1.000 mais cara. A topo, Griffe, agora chega aos R$ 96.990, também R$ 1.000 a mais que na tabela anterior. 

Led de roda se tornou tendências para os entusiastas automotivo para terem um novo visual, utilizando o led de roda seu passeio fica mais legal e animado, as luzes coloridas atraem a atenção de muitos espectadores. Clique aqui e saiba mais

MODELO PREÇO
Peugeot 208 Like 1.6 MT R$ 67.690
Peugeot 208 Like Pack 1.6 MT R$ 73.990
Peugeot 208 Active 1.6 AT R$ 80.290
Peugeot 208 Active Pack 1.6 AT R$ 87.090
Peugeot 208 Allure 1.6 AT R$ 91.990
Peugeot 208 Griffe 1.6 AT R$ 96.990

Apesar dos aumentos, não há mudanças nos pacotes de equipamentos do Peugeot 208. A Griffe ainda se destaca com os faróis full-LED e sistemas de segurança como alerta de saída de faixa, leitor de placas, painel de instrumentos digital 3D e teto panorâmico, sendo alguns presentes já na Allure e na Active Pack. O motor é o 1.6 aspirado, um dos grandes pontos de discussão desde o lançamento do novo Peugeot 208, ligado a um câmbio manual de 5 marchas ou a um automático de 6 marchas – conjunto já conhecido da geração anterior. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here