Divulgação/Peugeot

Você pode estar desapontado com o novo 208, que recebeu o veterano 1.6 16V que estreou lá atrás com o 206 – e que, desde então, segue firme e forte no portfólio da PSA por aqui.

Mas nem tudo está perdido: os franceses trarão a configuração elétrica (e pretenciosa).

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Afinal, essa promete ser a opção mais poderosa (com maior torque) e esportiva já feita, com 26,5 kgfm. Para ter ideia, o 208 GT, 1.6 turbo, tinha 24,5 kgfm.

Continua após a publicidade
Divulgação/Peugeot

Visualmente, o 208 e-GT será igual ao europeu, com para-choque exclusivo, molduras nas caixas de rodas e suspensão 1 cm mais baixa que nas opções flex.

E olha que a central multimídia também promete fazer inveja às versões convencionais, porque, além de maior (com 10 polegadas), poderá controlar mais funções do carro.

Divulgação/Peugeot

Ah! Somente essa opção terá seletor de câmbio do tipo joystick.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here