Range Rover Sport HST estreia novo motor 3.0 Ingenium com 400 cv

O Range Rover Sport HST surge como importante alternativa ecológica do SUV de luxo britânico, que agora passa a adotar a tecnologia híbrida para reduzir emissão de poluentes e consumo de combustível. Mas, a novidade mesmo não é o sistema, chamado micro-híbrido ou híbrido leve, e sim o novo motor Ingenium que o equipa.

Trata-se de um novo propulsor de seis cilindros em linha 3.0 litros da família Ingenium, que até então tinha somente configuração de quatro cilindros. Com o sistema elétrico de 48V, o motor do Range Rover Sport HST entrega 400 cavalos e 56,08 kgfm. Isso permite que o SUV vá de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos com máxima de 225 km/h.

De acordo com a Land Rover, o novo motor Ingenium 3.0 vem com turbo twin-scroll e um compressor volumétrico eletrificado, que permite respostas imediatas em baixas rotações, evitando o temível turbo lag. Ele atinge 120.000 rpm em apenas 0,5 segundo.

O propulsor tem ainda o sistema de Elevação Contínua Variável das Válvulas, que o mantém com boas respostas em qualquer regime, garantindo mais eficiência. Já o sistema micro-híbrido recupera energia das frenagens e desacelerações, utilizando-a para que o Range Rover Sport HST tenha saídas com menor esforço do motor, reduzindo o consumo.

Range Rover Sport HST estreia novo motor 3.0 Ingenium com 400 cv

A tecnologia estará presente em todos os modelos da Land Rover a partir de 2020. O projeto teve investimento de € 1,14 bilhão no Centro de Fabricação de Motores de Wolverhampton, na Inglaterra. O novo motor passa a ocupar o lugar do conhecido AJ-V6, usado até então.

“É de conhecimento que os motores de seis cilindros em linha oferecem um maior equilíbrio em comparação aos V6 e a nossa unidade Ingenium foi desenvolvida sobre a premissa de otimizar a eficiência independentemente das circunstâncias.”, afirma Nick Rogers, Diretor Executivo de Engenharia de Produto, da Jaguar Land Rover.

Ele completa: “A última tecnologia, como é o caso do sobrealimentador elétrico, garante o melhor rendimento e resposta que distinguem o Range Rover Sport, enquanto o sistema inteligente MHEV recupera parte da energia para melhorar o consumo de combustível e reduzir as emissões”.

Visual, o Range Rover Sport HST tem como diferencial fibra de carbono no capô, grade dianteira, entradas de ar laterais e porta-malas. Vem ainda com pinças de freio vermelhas, com opção de cinza anodizado. Por dentro, bancos dianteiros Dynamic e detalhes em Satin Chrome.

Além do Terrain Response 2, o Range Rover Sport HST dispõe de controle de cruzeiro adaptativo com Stop-Go, frenagem de emergência em alta velocidade e assistente de direção opcional. Não previsão de chegar ao Brasil.

Range Rover Sport HST estreia novo motor 3.0 Ingenium com 400 cv

Este texto lhe foi útil??