Divulgação/Renault

Com sua comercialização descartada para o Brasil, a Renault Alaskan já está em pré-venda na Argentina e o curioso é que ela ficou mais cara que a Nissan Frontier. Ambas as picapes compartilham a mesma plataforma, a mesma fábrica e quase todos os componentes.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 5.90

Os valores da picape Renault variam entre 2,26 milhões e 3,96 milhões de pesos – entre R$ 167.714 e R$ 293.980 na conversão direta. Os preços da Nissan vão de 2,15 milhões a 3,78 milhões de pesos – de R$ 158.714 a R$ 279.041. Lembrando que esses preços da Frontier são válidos pra outubro e podem ter aumento a partir de novembro, principalmente se houver alterações nos impostos argentinos.

Mas, não é só no preço que as irmãs são diferentes. Enquanto a Frontier oferece três versões equipadas com câmbio automático a Alaskan oferece apenas a versão topo de linha, Iconic, com transmissão automática de 7 velocidades.

Divulgação/Renault

A Alaskan será oferecida em quatro versões, e as três de entrada são equipadas com câmbio manual de 6 marchas. A mais barata, Confort, é a única que usa o motor 2.3 diesel com apenas um turbo, com potência de 160 cv e 41 kgfm de torque.

Led de roda se tornou tendências para os entusiastas automotivo para terem um novo visual, utilizando o led de roda seu passeio fica mais legal e animado, as luzes coloridas atraem a atenção de muitos espectadores. Clique aqui e saiba mais

Continua após a publicidade

A partir da intermediária, Emotion, o propulsor passa a ser o 2.3 biturbo diesel de 190 cv e 45,9 kgfm. A mais cara, Iconic, usa o câmbio automático de sete marchas já conhecido da Frontier.

Divulgação/Renault

Resta saber, qual foi a motivação da marca ao oferecer a maioria das versões com câmbio manual, indo na contramão da preferência do mercado de picapes. A Renault já havia ressaltado que sua rede de concessionárias na Argentina é maior e mais abrangente que a da Nissan. Além disso, marcas francesas têm tradição e boa reputação no país vizinho. 

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

 

Continua após a publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here