Em 2021, o Renault Captur será reestilizado e com a honra de ser o primeiro modelo nacional a ter o novo motor 1.3 turbo na marca. Enquanto isso não acontece, o SUV tem as primeiras mudanças em sua linha de versões, com o retorno da Zen, dessa vez com o motor 1.6 e câmbio CVT, além da aposentadoria do 2.0 com câmbio automático de 4 marchas – que será justamente substituído pelo 1.3T. 

O Renault Captur Zen deixou de fazer parte da linha em março de 2019. Na época, era a única opção com o câmbio manual de 5 marchas ligado ao 1.6 aspirado, ficando em linha apenas o Intense 1.6 CVT e Intense 2.0 AT4. Ele volta ao mercado como a versão mais barata (acima apenas da Life, destinada a frotistas e mercado PCD) e dessa vez com o câmbio CVT ligado ao motor 1.6. 

Por R$ 85.690, o Captur Zen traz bancos em tecido, piloto automático, ar-condicionado manual, chave tipo cartão presencial, som com USB e Bluetooth, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, 4 airbags, rodas de 17″, luzes diurnas em LEDs e outros equipamentos. Por R$ 2.500, recebe o sistema multimídia de 7″ com espelhamento de smartphones via Apple CarPlay e Android Auto, além da pintura bitom por R$ 1.450. 

A Intense 1.6 CVT deixa de existir, assim como a 2.0 AT (R$ 98.690 e R$ 99.690, respectivamente pela última tabela de preços). Agora, em seu lugar fica a Bose, que era uma série especial, ficou como a opção topo com o menor motor por R$ 101.690 e adiciona diversos itens como o sistema de som assinado pela marca premium, ar-condicionado automático, bancos em couro, pintura em dois tons, sensor de chuva, sensor de luz e pintura escurecida nas rodas de 17″ com face diamantada. 

Com isso, Captur e Duster deixam de se cruzar nas linhas. Com o novo Duster Zen CVT saindo de linha, a novidade tem como versão mais barata com a transmissão automática a Intense CVT, de R$ 90.290. O Captur Zen CVT se encaixa entre o Duster Zen MT e o Intense CVT, ficando a Bose 1.6 acima do Duster Iconic CVT, de R$ 94.290. Tal posicionamento pode continuar quando o Captur for reestilizado em 2021, ficando o 1.3 turbo para o topo de linha e acima dos R$ 100 mil. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here