Sedã seguirá atualização profunda que será feita no hatch, chegando às lojas pouco depois do irmão. e ganhará mais itens de segurança

Por Henrique Rodriguez

access_time

17 maio 2019, 13h29

Novo HB20S trocará quase todas as superfícies da carroceria

Novo HB20S trocará quase todas as superfícies da carroceria (Dú Oliveira/Quatro Rodas)

A segunda (e mais importante) alteração visual do Hyundai HB20 deverá ser em agosto e o novo HB20S, a versão sedã, deve chegar às lojas quase junto, só um mês depois.

O compacto criado exclusivamente para o Brasil não passa por mudanças desde 2015. Agora, ganhará só um facelift baseado no conceito Saga, que estava no Salão do Automóvel de São Paulo de 2018, e no novo Elantra.

O hatch foi flagrado em outubro de 2018

O hatch foi flagrado em outubro de 2018 (Germano Lüders/Quatro Rodas)

O que já se percebe pela camuflagem dos carros fotografados em testes é que a dianteira terá faróis triangulares de base reta e grade hexagonal com a parte superior mais larga, o que, em conjunto com o nicho dos faróis de neblina, dá a impressão de maior volume.

Há intervenção dos designers na lateral.

A plafatorma será a mesma, mas o estilo muda bastante

A plafatorma será a mesma, mas o estilo muda bastante (George vn Hellmann/Quatro Rodas)

Embora a plataforma seja a mesma e não exista diferença nas dimensões, a linha de cintura ficará mais alta nas portas traseiras e haverá um vinco descontínuo nas portas.

Quer se tornar um mecânico de sucesso? Clique aqui !

Atrás, enquanto o hatch terá lanternas em forma de C invertido, as do sedã serão mais estreitas e elaboradas do que hoje. A referência também é o Elantra, até na distribuição interna das luzes.

Apesar da camuflagem é possível perceber o relevo da carroceria

Apesar da camuflagem é possível perceber o relevo da carroceria (Mário Jorge Pereira/Quatro Rodas)

Mas as novidades do HB20 na linha 2020 não acontecem apenas onde os olhos alcançam.

Ele terá direção elétrica em todas as versões (hoje é exclusivo do aventureiro HB20X), airbags de cortina nas mais caras e até sistemas de controle eletrônico de tração, estabilidade e assistente de partida em rampa que hoje não estão disponíveis em nenhuma versão.

Na motorização, não espere novidade no 1.6 16V flex (128 cv), que já começa a sentir o peso da idade. Mas o 1.0 12V aspirado (80 cv) perderá, enfim, o tanquinho para partida a frio.

Visual trará elementos do novo Elantra

Visual trará elementos do novo Elantra (Dú Oliveira/Quatro Rodas)

Já o motor 1.0 turbo poderá deixar de ser um mico: fontes afirmam que ele pode ganhar injeção direta para passar dos atuais 105 cv para o posto de motor mais potente disponível para o compacto, inclusive combinado com o câmbio automático de seis marchas.

A briga de HB20S com Virtus e Onix Sedan promete ser boa, mas tende a ser desempatada a favor dos outros por causa do espaço. Com 2,50 m de entre-eixos, o Hyundai fica devendo 10 cm ao Chevrolet e 15 cm ao VW.

Resta ao HB20 ficar muito bonito e equipado para equilibrar o jogo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here