Informação foi dada com em primeira mão a QUATRO RODAS pelo vice-presidente da marca na América Latina, e faz parte do Plano 2050 da marca

Logotipo com detalhe azul identifica a versão com conjunto híbrido

Logotipo com detalhe azul identifica a versão com conjunto híbrido (Fernando Pires/Quatro Rodas)

O vice-presidente da Toyota na América Latina e Caribe, Miguel Fonseca, afirmou nesta semana que toda a gama da marca vendida no Brasil deverá ser equipada com motor híbrido até 2025.

Em entrevista exclusiva a QUATRO RODAS – após o concurso de habilidades técnicas entre concessionários feito pela empresa – o executivo falou sobre o Plano 2050 da marca, que consiste em acabar com as emissões de CO² de seus veículos e também de seu processo produtivo.

Dentro desse plano ele afirma que o motor híbrido ganhará mais espaço em seu catálogo de veículos.

“Aqui no Brasil nós temos a tecnologia híbrida flex no Corolla, que tem emissões muito baixas e nosso sonho é que toda a nossa gama [de automóveis] vire híbrida. Estamos trabalhando para que isso aconteça já num prazo curto de tempo”, disse.

Logotipo do Corolla Altis Hybrid

Logotipo do Corolla Altis Hybrid (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Led de roda se tornou tendências para os entusiastas automotivo para terem um novo visual, utilizando o led de roda seu passeio fica mais legal e animado, as luzes coloridas atraem a atenção de muitos espectadores. Clique aqui e saiba mais

Ele ainda completou dizendo que no futuro “ninguém vai ver nenhum Toyota que não seja híbrido”. Questionado sobre quando isso deve acontecer, o vice-presidente afirmou que “até 2025, toda nossa gama [de veículos] deverá ser híbrida”.

Até o momento, no Brasil, a empresa disponibiliza três modelos com esse tipo de motorização: Prius e RAV4, já com 100% da gama, e Corolla, por enquanto apenas na versão de topo Altis.

O Corolla ganhou o mesmo motor do Prius, um 1.8 VVT-i de ciclo atkinson com 98 cv de potência usando gasolina.

Porém, diferentemente do Prius, que é movido apenas a gasolina, o sedã médio também é preparado para ser movido a etanol, chegando a 101 cv com combustível vegetal.

Já o SUV é equipado com um propulsor quatro cilindros de 2,5 litros 16V e 178 cv, com duplo sistema de injeção (direto e indireto) alimentado a gasolina. Além disso, conta com dois motores elétricos de tração, um para cada eixo.

Nossa reportagem já adiantou que o SUV compacto previsto para ser lançado em 2021 no país terá uma versão híbrida flex, virá equipado com o mesmo propulsor híbrido flex do Corolla.

Até 2025, a Toyota precisará hibridizar também a família de compactos Yaris, a picape média Hilux (e seu irmão SW4) e o sedã grande Camry (se este continuar à venda no país). Já a dupla Etios hatch e sedã deve ser descontinuada até lá.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here