É normal alguns carros terem diferença de equipamentos de acordo com o mercado, mesmo comparando Brasil e Argentina. Um exemplo recente é o Volkswagen Polo GTS e o sedã Virtus GTS, variantes esportivas da dupla que começam a serem vendidas para os hermanos. Neste caso, a diferença está na adoção das rodas de liga leve de 18” com design Breccia, o mesmo usado pela versão conceitual mostrada no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018 e pelo Polo GTi – a inspiração visual para a versão GTS.

Assim como no Brasil, tanto o Volkswagen Polo GTS quanto o Virtus GTS serão as versões topo de linha da gama na Argentina. Será oferecido por 1.930.300 pesos (R$ 141.877) na versão hatch e 1.941.000 (R$ 142.663) na variante sedã. Apesar do lançamento por aqui ter acontecido no começo do ano, só agora ele chega ao país vizinho, atrasado por todos os problemas após a paralisação das fábricas e o lockdown na Argentina.

external_image

A única diferença entre o Polo GTS vendido no Brasil e o que irá para a Argentina são as rodas de liga leve de 18”. São as rodas chamadas Breccia, com desenho igual ao Polo GTi oferecido na Europa e que chegou a ser usado pelo conceito do esportivo apresentado em 2018 no Salão de São Paulo. Elas substituem as de 17” que equipam o modelo vendido no Brasil.

A boa notícia é que essas rodas também serão oferecidas aqui em breve. Como Motor1.com adiantou com exclusividade em julho, a linha 2021 do Polo terá algumas alterações e, entre elas, está a opção das rodas de 18” como opcionais, mas perderá o pacote com som da Beats. Assim como era no conceito, usará pneus 205/45 R18. O valor ainda não foi revelado. O mesmo será feito no Virtus GTS.

Já no resto da linha, o Polo MPI 1.0 e MSI 1.6 passarão a ter a central multimídia Composition Touch de série, junto com volante multifuncional. O único opcional para estas configurações será um kit com sensor de estacionamento traseiro, retrovisores externos com ajuste elétrico e rodas de liga leve de 15”. As demais versões e a linha 2021 do Virtus não terão mudanças.

Para 2021, a Volkswagen prepara a reestilização tanto do Polo quanto do Virtus. A expectativa é que recebam um desenho mais próximo do Nivus, que servirá de base para os próximos design da empresa, além de ganhar a nova central multimídia VW Play e, nas versões mais caras, controle de cruzeiro adaptativo. Caso a marca tenha resolvido segurar o investimento, a mudança pode ficar para 2022.

Fotos: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here