K-Design/Reprodução

A Volkswagen já trabalha na primeira reestilização do Polo, cujo lançamento está previsto para acontecer entre 2021 e 2022, seguido pelo Virtus atualizado. Mas, pelo menos no caso do Polo, a atualização visual pode não condenar o visual que está nas lojas desde setembro de 2017.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Um inédito Polo Track, com visual levemente aventureiro (a exemplo dos já extintos Gol Track e Up! Track) assumiria o posto de carro de entrada da Volkswagen. De acordo com o site Mobiauto, o Polo Track seria responsável por substituir, de uma só vez, Gol, Up! e Fox.

Convém lembrar que Gol e Fox passaram por ajustes no início do ano para se enquadrar na obrigatoriedade de encosto de cabeça e cinto de três pontos para todos os ocupantes. Contudo, estariam condenados pela obrigatoriedade de controle de estabilidade a partir de 2022.

O mesmo vale para o Up!, que em tese teve capacidade reduzida de cinco para quatro ocupantes, mas só é encontrado nas lojas nos modelos 19/19 e 19/20 – ainda que a fabricante diga que ele não saiu de linha.

A nova versão do Polo é aventada no acordo entre os sindicatos que representam os trabalhadores na Volkswagen e a própria fabricante. Pelo acordo, a fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP) enfim seria adaptada já a partir de novembro para produzir carros com a arquitetura modular MQB.

Continua após a publicidade
K-Design/Reprodução

Com esse movimento, a fábrica de Taubaté dividiria com a de São Bernardo do Campo a produção do Polo reestilizado, mas teria exclusividade na produção do Polo Track. Este poderia ter lista de equipamentos simplificada, com redução, por exemplo, de quatro para dois airbags. Além disso, poderia ter exclusividade sobre o motor 1.0 aspirado de 84 cv.

A0SUV é desejo antigo da Volkswagen Du Oliveira/Quatro Rodas

O acordo também prevê a garantia de um segundo modelo com plataforma MQB sendo produzido em Taubaté e o compromisso de negociação com sindicato local caso a VW venha a produzir substitutos de Gol ou Voyage, hoje feitos na unidade do Vale do Paraíba. 

Este segundo modelo seria o chamado VWA0SUV, o SUV de entrada da marca que seria posicionado abaixo de T-Cross e Nivus.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital. 

 

Continua após a publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here